quarta-feira, 21 de agosto de 2013

SAÚDE PÚBLICA DO RIO GRANDE DO SUL

Saúde Pública de Novo Hamburgo enfrenta caos interno

O caos na saúde pública de Novo Hamburgo passou das filas nos postos e unidades de atendimento para o setor interno da Fundação de Saúde Pública (FSNH). Através das redes sociais e dos meios de comunicação, membros do corpo médico do Hospital Municipal afirmaram que a relação entre eles e a direção do Hospital passa por um momento de guerra.

Após a falta de médicos no Hospital Municipal durante o feriado de Finados, o Presidente do Sindicato Médico de Novo Hamburgo, Ernani Galvão, membro do PCdoB, partido coligado do atual Prefeito Tarcísio Zimmermann publicou uma carta afirmando que a responsabilidade da escala médica é da direção do Hospital. Além disso cita que há sobrecarga de trabalho e acúmulo de funções.

Após a saída da responsável pela gestão hospital e do técnico de emergência, novas denúncias chegaram através do Facebook. Por meio do seu perfil na rede social, o médico Leopoldo Amorim, que atua há mais de 12 anos no Hospital denunciou ordens, determinações autoritárias além de omissão da falta de médicos durante os finais de semana. Até a prova de um concurso público foi citada pelo médico que afirmou que não havia qualquer questão sobre medicina ou emergência no processo seletivo. O jornal Toda Hora foi informado também de que há risco de faltar médicos durante os festejos de final de ano.

Sindicato denuncia superlotação em hospital de Porto Alegre (RS)

Pela falta de leitos, pacientes da UTI estão sendo atendidos no setor de pacientes gerais.
O Simers (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul) fez denúncia contra o atendimento do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (RS), que está superlotado. Pacientes graves e em pós-operatório estavam sendo mantidos na área de politraumatizados. O local é destinado para o atendimento do paciente que chega nas mais variadas condições.

Os profissionais da unidade informaram ao sindicato que as UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo) estavam atendendo acima da capacidade. De acordo com a vice-presidente do Simers, Maria Rita de Assis Brasil, a sala de politraumatizados não tem capacidade para abrigar pacientes que estão no pós operatório.
- Uma pessoa não pode passar por uma cirurgia e depois ficar neste local, que não tem estrutura adequada para atendê-la, podendo inclusive colocar em risco a sua vida.

O alerta é maior porque a lotação na sala de politraumatizado complica ainda o atendimento de pacientes em estado grave que estão recebendo a primeira consulta.

Diante das denúncias do Simers, o diretor-geral do HPS, Júlio Ferreira, reconheceu que, por falta de leitos, na UTI existem pacientes que foram deslocados provisoriamente à ala de politraumatizados.

O HPS conta com quatro leitos para queimados, oito para pediatria e trauma infantil, 12 para trauma adulto, três para cardiologia e cinco para clínica geral.

Faltam vagas para dependentes químicos em hospitais do RS

Em muitas cidades, hospitais não oferecem vagas para desintoxicação. Pessoas com os mesmos  problema precisam buscar atendimentos em outras cidades

A falta de vagas não atinge apenas o setor de emergência dos hospitais no Rio Grande do Sul. Pacientes que buscam tratamento contra as drogas também têm dificuldades para encontrar um leito. Muitos municípios gaúchos não oferecem vagas em hospitais para desintoxicação. A cidade de Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio pardo, enfrenta este problema. Os hospitais do município não oferecem vagas para dependentes químicos. A solução é buscar atendimento em cidades vizinhas, longe da família. Um grupo de monitores tenta levar os moradores de rua de Santa Cruz do Sul ao albergue do município.


No Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas de Santa Cruz do Sul, o cadastro de atendimento já completou 1,4 mil pessoas. Isso sem contar com os menores de idade. Para este tipo de tratamento, é preciso a desintoxicação. Porém, faltam leitos nos hospitais da cidade.

1 comentários:

Unknown disse...

Wow! this is Amazing! Do you know your hidden name meaning ? Click here to find your hidden name meaning

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes